Pular para conteúdo

ENTREVISTA ICASEI

Nossas Noivas

Second dress para noiva: usar ou não usar?

Não consegue escolher só um vestido de noiva? Opte pelo second dress!

Você está em dúvida sobre o vestido que usará no seu casamento? Para acabar com a dúvida: que tal usar dois modelos? Atualmente, muitas noivas optam pelo second dress e ganham looks diferentes para a cerimônia e para a festa.

Na realeza britânica, por exemplo, já é tradição: tanto Kate Middleton quanto Meghan Markle usaram vestidos distintos para cada uma das ocasiões. Aqui no Brasil temos os exemplos recentes de Thaila AyalaFabi Santina e Gabi Brandt, que optaram por outro modelo para curtir a festa.

Se você está pensando em adotar o second dress de noiva, confira nossas dicas!

Leia também: 7 pontos para levar em consideração antes de escolher o vestido de noiva sob medida

 Por que usar um second dress no casamento?

Um dos principais motivos que leva uma noiva a querer um segundo vestido é o conforto, segundo Clara Belmani, estilista do Atelier White Dress, e Camila Schain, estilista da Maison Kas. Isto geralmente acontece quando o modelo escolhido para a cerimônia tem uma saia muito volumosa e pesada, ou seja, mais formal.

Mas Clara e Camila apontam também o caso de noivas indecisas, que acabam optando por dois modelos completamente diferentes. “Aquelas que não conseguem se decidir, e acabam ficando com dois vestidos pela questão estética, ou para realizar um sonho, ou mesmo para agradar a mãe”, destaca Clara.

Outra razão que as leva a optar por um second dress, segundo a estilista Marie Lafayette e Camila, é surpreender os convidados.

Vale ressaltar que o perfil da noiva conta muito na hora de optar ou não por um second dress! É o que aponta Elenir Moreira, estilista e proprietária da grife Ellis Verline. “Precisa ter harmonia com o estilo e perfil da noiva, embora carregue uma proposta diferente, precisa oferecer total conforto e identidade da noiva. Mulheres mais extrovertidas irão optar pelo second dress, já as mais introvertidas podem não ver necessidade de inovar”, comenta Elenir.

No entanto, antes de escolher fazer seu segundo vestido, vale ponderar alguns pontos. O primeiro deles é com relação ao fato de que o segundo modelo pode perder um pouco da produção da noiva, especialmente se optar por um segundo vestido curto.

“Uma vez que as convidadas e madrinhas continuarão com o mesmo visual da cerimônia, mais formal, a noiva pode acabar perdendo um pouco do brilho que um vestido mais glamouroso e longo traz. Ela deve levar em consideração se vale a pena perder o glamour do vestido de noiva, se as fotos ficarão tão bonitas quanto ela espera, e se o visual não ficará comprometido, pois ela pode acabar passando a impressão de estar desarrumada, dependendo da escolha”, alerta Clara.

Outra questão que precisa ser analisada é com relação ao orçamento. “A única desvantagem que vejo é sob o ponto de vista financeiro, se você tem um budget reduzido, pense em vestidos 2 em 1. O investimento vale? Será que ao invés de um segundo vestido, não é possível fazer uma saia, cauda ou manga removíveis?”, lembra Camila.

Leia também: Vestido de noiva semi-sereia | Tudo sobre o modelo

Dois vestidos diferentes e uma mesma linguagem

Se você realmente sonha em usar um second dress pro casamento, é interessante pensar que os dois modelos escolhidos “conversem entre si”. “O principal cuidado que ela deve ter é se atentar para que os dois vestidos trabalhem uma linguagem próxima, especialmente porque aspectos como cabelo e maquiagem são mais difíceis de serem modificados. Outro cuidado é que, se ela resolver trocar para um vestido curto, ela precisa se atentar para acabar não perdendo a ‘cara de noiva’”, justifica Clara.

Marie sugere que os vestidos tenham algum elemento em comum, que pode ser um detalhe, renda ou pedraria.


comments powered by Disqus